Sejam bem-vindos ao LuanDaily.com.br, sua principal fonte de informações sobre o cantor Luan Santana




Há uma semana, uma notícia divulgada na internet causou ciúme nas fãs de Gusttavo Lima.

A aliança na mão direita traz a certeza: ele está noivo. A escolhida é a modelo Andressa Suíta.

“Ele é o nosso Gustavo, só nosso”, diz a fã.

Fãs? Elas querem ser muito mais que isso. E fazem de tudo, tudo mesmo, pelo seu ídolo.

“Essa foi a maior loucura de amor que eu já fiz por ele”, diz Luara Meneguini, de 18 anos, mostrando a tatuagem de Luan Santana. “Eu queria colocá-lo assim no meu corpo, para o mundo inteiro ver que eu o amo de verdade”, completa.

“Esse aqui é tipo o presente que a gente tem dele. É um chiclete mascado. Nós duas ganhamos e, para a gente, vocês devem imaginar que representa tudo”, conta Bruna Ribeiro, de 18 anos, que também é fã de Luan Santana.

Nas redes sociais, o assunto virou destaque. Mas qual o limite da relação entre um fã e seu ídolo? Para a psicóloga Célia Horta, especialista em relações amorosas, é possível perceber que o filho está exagerando.

“A pessoa começa a perder interesse por atividades, começa a abandoná-las, inclusive. Ela trata o ídolo como se fosse um vício. Ela começa, inclusive, a ter síndrome de abstinência, a suar, ter taquicardia e fica muito mal com a ideia de que não vai conseguir ter algum tipo de contato com esse ídolo”, afirma Célia.

Karen e Júlia guardam com carinho fotos, recortes, pôsteres… E usam até uma aliança para firmar o compromisso com o ídolo, Luan Santana.

“Ele fala que é a ligação que ele tem com a gente”, conta a fã.

Mas elas sabem bem os limites desta relação.

“Uma hora ou outra ele ia namorar, a gente tinha isso na cabeça já antes de ele assumir. Então, eu falei ‘quando o Luan assumir, se ela for legal, fizer ele feliz, não importa mais nada’”, diz Karen Meira de Almeida, de 16 anos.

Confira abaixo o vídeo:

Fãs e ídolos… Um não vive sem o outro, desde que seja de forma saudável.

Fonte: Fantástico / G1

Facebook
Twitter