Sejam bem-vindos ao LuanDaily.com.br, sua principal fonte de informações sobre o cantor Luan Santana



É impossível não se apaixonar pelo cantor Luan Santana. Sincero, ele falou sobre amor e revelou que já pensou em desistir da carreira.

Aquele era um dia bem importante para Luan Santana. Ele faria um show com ingressos esgotados em São Paulo, com transmissão para um canal de TV – e toda a família dele, de campo Grande, estava na cidade para assistir. A repórter da Capricho, Fernanda Catania foi à casa do cantor, em Alphaville, e encontrou um Luan ainda mais apaixonante do que aquele do palco: com carinha de sono, touca na cabeça, bermudão largo e tênis de cano alto. A cara de cansado era culpa de uma festa de Halloween que ele havia dado na noite anterior.

“Fui dormir às 7h30 da manhã e acordei 5 da tarde”, contou.

Mesmo assim, Luan decidiu ir à academia antes do show.

“Faz dias que não malho, tenho que me obrigar”

Afinal, ele precisa manter o tanquinho de ouro, né?! Durante meia hora de musculação, ele reclamava que mal conseguia respirar e perguntava toda hora para seu personal trainer (que acompanha o tempo todo) se estava acabando. Luan é muito vaidoso. Curte seguir caras estilosos no Instagram para se inspirar e é preocupado com o cabelo. Quando se lembra de como ele era em 2008, dá risada:

“O que era aquele cabelo arrepiado pra frente? O pior é que a galera copiava”.

E a agente já amava, Luan!

TODO SAFADINHO
O cantor é um xavequeiro. No show, falava o tempo todo que ia beijar as fãs e chamou duas garotas da plateia, para ter um momento de carinho no palco. Nem a repórter escapou! No camarim, ele deu as flores que geralmente dá para a garota no palco, e ainda pegou no cabelo da editora! Aí foi a vez da Fernanda Catania colocá-lo na parede. Solteiro, ele disse que curte mesmo namorar.

“A última coisa legal que fiz foi mandar flores”, contou.

Mas é um cara difícil.

“Eu mostro que estou a fim, mas dou um gelo. Mando mensagem e, depois, demoro dias para responder. Mulher não gosta de cara pegajoso. Mas demorei pra aprender”, contou, rindo.

Sobre Bruna Marquezine, Luan garatiu que eles são só amigos, mas entregou que rolou algo.

“A gente não teve nada sério. Voltamos a nos falar por celular quando ela terminou o namoro. Aí saímos algumas vezes. E é isso”, disse.

Luan ainda acrescentou que “não ia falar o que a Capricho queria ouvir”. Haha, entendi! O cantor é sensível, mas me surpreendi quando ele revelou que a última vez em que chorou foi há seis anos, no velório do avô:

“Sou fechado, nunca mostro o que sinto”.

Com o tempo, Luan aprendeu a lidar com as garotas e com os sentimentos.

TEMPOS DIFÍCEIS
O cantor fica em silencio por alguns segundos quando relembro o inicio de sua carreira, em 2008. Foi naquela época que Luan teve mais dificuldades para lidar com o que sentia.

“O começo foi bem difícil. Eu gravava músicas para outros artistas, que faziam sucesso e ganhavam muito dinheiro. Enquanto isso, eu fazia show para 15 pagantes”, lembra.

A autoestima do garoto de 17 anos foi lá embaixo e ele nem imaginava que faria o sucesso de hoje. Toda essa angustia acabou gerando um bloqueio criativo: Luan não conseguia mais compor nenhuma musica. Até que recebeu um carta linda de um fã, cheia de chocolates, e o cara achou que era um sinal. Foi aí que ele escreveu Chocolate, que o impulsionou a criar mais dez faixas, formando o primeiro disco. “Tô de Cara”. Logo, Luan estouraria com Meteoro. Foi bem nesse momento, no auge da carreira, que o cantor, hoje com 23 anos, pensou em desistir.

“É quando você está no topo que todo mundo atira pedras. Eu era imaturo. Achei que não ia aguentar”, revelou.

Mas, com o apoio dos pais e das fãs, Luan seguiu em frente. Ufa!

“Sou mais confiante e seguro. Hoje, as pessoas acreditam em mim.”

A revista ainda trás uma matéria sobre o Capricho Awards 2014, onde Luan ganhou as duas categorias que estava concorrendo.

Scanners > Revistas > DEZEMBRO DE 2014 @ CAPRICHO

Fonte: Capricho
Créditos: Luan Daily

Facebook
Twitter